Douro Valley - Voltar ao Início
InglêsCastellano

Vindimas

O fruto que dá origem ao vinho é colhido durante o mês de setembro, numa tarefa em jeito de celebração, onde não faltam boa disposição e alegria. Algumas quintas permitem a participação de turistas nas vindimas.

Vindimas | © Emanuel RochaCachos de uvas vindimados | © Museu do DouroPisar uvas | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroFolhas de videira | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroEsmagar as uvas | © Museu do DouroQuinta do Vallado | © António SardinhaVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroCansaço resultante das vindimas no Alto Douro Vinhateiro | © Emanuel RochaVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroÁrdua Vindima | © Museu do DouroFolha de videira | © Museu do DouroCestos de vindima | © Museu do DouroUvas acabadas de colher | © Melanie AntunesCestos de vindima | © Museu do DouroAté ao lavar dos cestos é vindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroJovens do Douro nas vindimas | © Emanuel RochaVindima na Quinta de São Lourenço | © Museu do DouroVinhas | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do DouroVindima | © Museu do Douro

Sugestões
Veja Pontos de Interesse relacionados:
Quintas

 Não se vê por que maneira, este solo é capaz de dar pão e vinho. Mas dá. Nas margens de um rio de oiro, crucificado entre o calor do céu que de cima o bebe e a sede do leito que de baixo o seca, erguem-se os muros do milagre. Em íngremes socalcos, varadins que nenhum palácio aveza, crescem as cepas como os manjericos às janelas. No Setembro, os homens deixam as eiras da Terra-fria e descem, em rogas, a escadaria do lagar de xisto. Cantam, dançam e trabalham. Depois sobem. E daí a pouco há sol engarrafado a embebedar os quatro cantos do mundo.”

(Miguel Torga, in Portugal)

No mês de setembro os socalcos do Douro enchem-se de pessoas que recolhem os bagos de uvas para produzir o vinho mundialmente famoso. Após colher as uvas estas são depositadas em lagares onde são esmagadas com os pés das pessoas para que possam libertar o seu sumo que dará origem ao vinho. Enquanto uns pisam o vinho outros animam a festa a cantar ao som do toque do acordeão e do dedilhar das cordas da guitarra.

Muitas das quintas, detentoras das grandes extensões de videiras, possibilitam aos turistas participarem na vindima, aprendendo mais sobre o fruto predileto da região, além de contribuírem para a produção de alguns dos melhores vinhos do país. Após produzido chega a hora de provar o resultado final e comprovar aquilo que as nossas mãos ajudaram a confeccionar. Durante o resto do ano as quintas continuam abertas ao público, contemplando-o com várias atividades desde a prova de vinhos, até à visita das caves e das vinhas.

Clique para Maximizar

abrir mapa

Fechar
A minha Viagem
Filtro de Conteúdos
© Douro Valley 2011 | Todos os direitos reservados